Águas de Jahu, do grupo privado Águas do Brasil, iniciará a construção da ETE - estação de tratamento de esgoto Vila Ribeiro. Com a realização da obra, Jaú, no interior de São Paulo, atingirá a universalização do saneamento.

Segundo o superintendente da concessionária, Ivan Mininel, a Cetesb - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo emitiu a licença de instalação da nova estação em julho. A ETE está prevista para ser concluída até março de 2021 e terá capacidade de tratar aproximadamente 130 mil litros de esgoto por dia. O investimento para a implantação é de cerca de R$ 1,5 milhão.

Todos os equipamentos necessários para o funcionamento da estação serão monitorados remotamente pelo CCO - Centro de Controle Operacional da concessionária. A automação da ETE permite melhor controle sobre os processos, garantindo, assim, eficiência e segurança operacional.

Serão implantados, também, uma elevatória de esgoto bruto e 1300 metros de rede coletora de esgoto, linha de recalque e emissário final, permitindo que o esgoto bruto do bairro seja coletado, enviado à ETE para tratamento e lançado o efluente tratado no ribeirão Ave Maria.

A concessionária já investiu cerca de R$ 58 milhões no sistema de água e esgoto da cidade, desde o início da concessão, solucionando problemas de falta de água, que existiam há décadas em diversos bairros, e alcançando o índice de 99,8% do tratamento de esgoto, por meio das ETEs Potunduva e Pouso Alegre.



Mais Notícias HYDRO



Portaria legaliza o uso de poços e águas subterrâneas

Segundo a ABAS, a GM/MS 888 corrige distorções e traz avanços importantes.

15/06/2021


Assembleia Legislativa de São Paulo aprova criação de unidades regionais de saneamento

Projeto impõe metas de universalização de água e esgoto no Estado.

15/06/2021


BNDES fará estudos para ampliar saneamento no Paraíba

Banco assinou contrato de estruturação de projeto com o Governo do Estado.

15/06/2021