A produção de aço, considerada grande consumidora de água, tem alcançado avanços importantes na redução de seu impacto sobre as bacias hidrográficas. Entre estas empresas está a ArcelorMittal. Todas as unidades da empresa possuem Plano Diretor de Águas, que visa garantir a disponibilidade dos recursos hídricos para as operações em curto, médio e longo prazo. A empresa tem alcançado avanços significativos na redução do impacto sobre as bacias hidrográficas e implementado ações inovadoras para garantir a sustentabilidade dos recursos.

No Espírito Santo, a unidade de Tubarão, localizada no município de Serra, é a maior planta de aço da empresa e possui a menor dependência da captação de água doce do Brasil: 96% da água utilizada em seus processos vem do mar.

A unidade também possui diversificada gama de fontes de suprimento. Além de captar o recurso do Rio Santa Maria, na Grande Vitória, a empresa opera a maior planta de dessalinização de água do mar do país, capaz de produzir até 500 m³/h de água industrial e possui poços para captação subterrânea.

A usina firmou, ainda, contrato de 30 anos para a aquisição de um volume significativo de água proveniente da EPAR - Estação de Produção de Água de Reúso Camburi, em Vitória, em parceria com a Cesan - Companhia Espírito Santense de Saneamento. O projeto prevê a transformação de 300 L/s de esgoto sanitário em água de reúso para fins industriais.

Foto: Mosaico Imagens



Mais Notícias HYDRO



Desenvolve SP oferece financiamento de R$ 1 bilhão para obras de saneamento em São Paulo

Empresas contratadas pela Sabesp terão apoio da agência de fomento para executar obras para as cadeias produtivas do IntegraTietê.

15/04/2024


Sanepar lança programa para definir metas e tipos de reúso

Com 264 ETEs, companhia irá definir as possibilidades de aplicação em cada região.

15/04/2024