O MDR – Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou, no último dia 8 de abril, o aporte de R$ 256,9 milhões do Orçamento Geral da União. Do montante, São Paulo é o estado mais beneficiado, com R$ 64,3 milhões.

Os investimentos da Secretaria Nacional de Saneamento são destinados a obras de abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e águas pluviais, redução e controle de perdas, drenagem urbana, preservação e recuperação de mananciais, além de estudos e projetos na área de saneamento.

Os empreendimentos estão localizados em 21 estados e no Distrito Federal. Em São Paulo, os municípios contemplados são Sertãozinho, São Paulo, Osasco, Sorocaba, Botucatu, Jaú, São José do Rio Preto, Olímpia, Americana, Araras, Salto e Indaiatuba, Santa Bárbara d’Oeste, Carapicuíba, Jacareí, Várzea Paulista, Marília, São José do Rio Preto e Mogi Guaçu.



Mais Notícias HYDRO



BRK Ambiental se posiciona com relação ao novo marco do saneamento

Grupo deve investir pelo menos R$ 20 bilhões ao longo da vigência de seus contratos atuais.

30/06/2020


Mirassol e Palestina atingem um dos menores índices de perdas de água do Brasil

Com base em estudo recente do setor, municípios paulistas registraram índice de perdas abaixo da média nacional.

30/06/2020


ANA lança manual de medição de vazão em tubulações

Obra orienta profissionais a realizarem o monitoramento adequado de usos de água.

30/06/2020