A Aegea Saneamento atingiu a universalização do abastecimento de água em Teresina, PI. Por meio da concessão Águas de Teresina, a companhia cumpriu a primeira meta do contrato de subconcessão em três anos de operação.

“Esta conquista traz um ganho preventivo à saúde muito significativo uma vez que, ao garantir água tratada à população, proporcionamos vidas mais dignas e saudáveis, reforçando também a prevenção de doenças. Neste momento de pandemia, o papel do prestador de serviços de saneamento básico no país se torna ainda mais necessário e urgente”, afirma Radamés Casseb, diretor-presidente da Aegea Saneamento.

Para atingir o objetivo, a Aegea ampliou as estações de tratamento de água Norte e Sul, sendo esta última responsável por 80% da água produzida para toda a cidade. Além disso, foram instalados 16,5 km de novas adutoras e ativados e perfurados 12 novos poços tubulares profundos. Outra iniciativa foi a aplicação de sistemas de automação e telemetria em 151 unidades/ativos, que permitem monitorar em tempo real os sistemas de água e esgoto por meio do CCO – Centro de Controle e Operações.

A empresa também acelerou suas obras para expansão e regularização da rede de água em regiões carentes, levando água para 32,5 mil moradores de ocupações consolidadas que não eram contemplados com o serviço.



Mais Notícias HYDRO



Portaria legaliza o uso de poços e águas subterrâneas

Segundo a ABAS, a GM/MS 888 corrige distorções e traz avanços importantes.

15/06/2021


Assembleia Legislativa de São Paulo aprova criação de unidades regionais de saneamento

Projeto impõe metas de universalização de água e esgoto no Estado.

15/06/2021


BNDES fará estudos para ampliar saneamento no Paraíba

Banco assinou contrato de estruturação de projeto com o Governo do Estado.

15/06/2021