A BRK Ambiental, empresa privada do setor de saneamento básico, anunciou o início das operações da usina de energia solar de Timon, no Maranhão, com capacidade de produzir cerca de 4000 MWh/ano para as operações das unidades de baixa tensão de água e esgotamento das cidades de Paço do Luminar e São José de Ribamar.

O sistema que acaba de ser entregue corresponde a 40% do projeto idealizado entre a BRK Ambiental e a Athon Energia, empresa que atua nas áreas de energia renovável e eficiência energética, em especial nos segmentos de autoprodução, geração distribuída e mercado livre.

Ao ser concluído, a obra vai contar com duas usinas solares, instaladas nas cidades de Timon e Matões, e vai garantir a geração de 10 mil MWh/ano. A responsável pelo investimento é a Athon Energia, com um valor total de R$ 25 milhões, parcialmente financiado por títulos de dívida verde (green bonds).  

Com a implantação, a BRK Ambiental vai ampliar o compromisso de implantar projetos capazes de aumentar a consciência ambiental, reforçar a capacidade de investimento no Maranhão, por meio da economia gerada com custos energéticos, além de aumentar a oferta em determinadas regiões do Estado, devido à energia injetada pela usina no sistema da concessionaria.

A energia elétrica é um dos insumos mais importantes para a operação do saneamento. “Com o novo sistema operacional adotado pela BRK Ambiental, as usinas vão gerar 55% do volume de energia consumida nas operações no Maranhão, volume suficiente para atender cerca de 15 mil pessoas”, destaca Gustavo van Deursen, engenheiro da BRK Ambiental.



Mais Notícias HYDRO



Catalisador bio-orgânico facilita tratamento de água em torres e equipamentos

Solução patenteada nos EUA agora está disponível no Brasil.

22/09/2020


Ihara destinará até R$ 500 mil para programa de gestão de efluentes

Empresa lança edital para selecionar parceiros.

22/09/2020


Rio Javaés recebe estação para captação de monitoramento remoto de água

Iniciativa é uma parceria entre a ANA e a UFT.

22/09/2020