A Sabesp identificou a oportunidade de promover o aproveitamento energético disponível em suas instalações de maneira inovadora, limpa e renovável com a instalação de usinas solares fotovoltaicas.

No total serão 34 usinas e a geração de 67 MW de potência instalada nas áreas operacionais disponíveis da Sabesp, em sua maioria ETEs - estações de tratamento de esgotos do tipo lagoa de estabilização, que possuem terrenos ociosos. O total corresponde a 4,5% de toda a energia consumida na Sabesp ou o consumo de 65.200 residências.

Os equipamentos são produtores de energia de fonte limpa e sustentável de eletricidade, sem emissão de gases de efeito estufa e com baixo impacto ambiental, contribuindo para a ampliação da produção de energia renovável e diversificação da matriz energética da Sabesp. 

A expectativa é iniciar a produção de energia já no segundo semestre de 2020.

A ETE de Mogi Mirim foi a primeira instalação de saneamento no país a adotar a produção de energia solar em parceria com a Sabesp e a SESAMM - Serviços de Saneamento de Mogi Mirim.



Mais Notícias HYDRO



Hospital Pequeno Príncipe e Sanepar se unem para pesquisar tratamento de efluentes contaminantes

Iniciativa pioneira no país vai testar diferentes maneiras de reduzir antibióticos e combater o surgimento de superbactérias em esgoto hospitalar.

16/07/2024


BRK e Elera Renováveis: Juntos rumo à Sustentabilidade Energética

Parceria possibilitará a redução de CO₂ com energia solar em 13 operações da Concessionária

14/07/2024


25º Prêmio CBIC de Inovação e Sustentabilidade: saiba quem pode participar

Objetivo é reconhecer e premiar as melhores práticas e soluções no setor da construção.

14/07/2024