De 2022 a 2025, até R$ 19,7 bilhões em recursos do FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço poderão ser financiados para obras de saneamento básico. A previsão dos recursos foi apresentada pelo MDR - Ministério do Desenvolvimento Regional e aprovada pelo Conselho Curador do Fundo. Ao todo, mais de 13,5 milhões de brasileiros serão beneficiados nesse período.

Apenas em 2022, poderão ser financiados até R$ 4,7 bilhões, sendo a maioria (R$ 4 bilhões) para intervenções do Programa Saneamento Para Todos, coordenado pelo MDR. O restante deve ser direcionado a operações do mercado de saneamento.

Para o diretor de Financiamento de Projetos da Secretaria Nacional de Saneamento do MDR, Alfredo Carvalho, o valor aprovado para os próximos anos vai promover benefícios de grande impacto à população brasileira. “O orçamento do FGTS aprovado permitirá investimentos importantes e robustos, geridos pela Secretaria Nacional de Saneamento do MDR, que envolvem impactos positivos diretos, tanto no desenvolvimento econômico das cidades, como no meio ambiente, na economia, no turismo e sobretudo na saúde da nossa população”, avalia.

Desde janeiro deste ano, R$ 1,17 bilhão foram assegurados para financiamentos por meio do FGTS e de outros fundos federais para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico.
Atualmente, a carteira de obras e projetos da pasta no setor - contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados - é de 1123 empreendimentos, somando um total de R$ 42,24 bilhões, sendo R$ 24,53 bilhões de financiamentos e R$ 17,71 bilhões de Orçamento Geral da União.



Mais Notícias HYDRO




Suez Water implantará plantas de água industrial em nova fábrica da Suzano no Mato Grosso do Sul

Estações destinam-se ao tratamento de água industrial, consumo potável e água desmineralizada.

18/01/2022


ANA publica 1º manual orientativo sobre normas de referência no setor de saneamento

Documento aborda cobrança pela prestação do serviço público de manejo de resíduos sólidos urbanos.

18/01/2022