Com 50 andares e 168 metros de altura, o Figueira Altos do Tatuapé conquistou o título de maior prédio residencial de São Paulo. A Amanco Wavin forneceu as linhas Super CPVC FlowGuard e Silentium para os sistemas hidráulicos. A fabricante, em parceria com o instalador e o projetista, ajudou a formular o escopo hidráulico do edifício. Além disso, profissionais da Amanco Wavin e da Lubrizol, indústria química que inventou o CPVC para tubos e conexões há mais de 60 anos, acompanharam todo o processo de instalação das tubulações.

A Linha Amanco Super CPVC FlowGuard está presente nas distribuições de água fria e quente. Segundo a empresa, a solução oferece até 25% mais resistência do que as especificações da norma técnica do setor, promovendo maior segurança, baixo custo de manutenção e melhor comportamento contra golpes de aríete, que têm maior frequência em prédios muito altos ou tubulações muito extensas, como é o caso do novo edifício.

Os 48 apartamentos de alto padrão do Figueira Altos do Tatuapé contam com a tecnologia da Linha Amanco Silentium, com PVC mineralizado, nas tubulações de esgoto e captação pluvial, que vai garantir um ambiente mais saudável e silencioso para os futuros moradores. A soma de componentes como abraçadeiras, amortecedores e defletores antiturbilhonamento também permite melhor desempenho do isolamento acústico da linha.

“Após apresentação da Amanco Wavin, em virtude das altas pressões a que seriam submetidas, optamos por substituir o projeto de hidráulica do empreendimento, que inicialmente era de tubulações metálicas, pelo Super CPVC FlowGuard. Concluímos que se trata de um material que apresenta vantagens no que se refere a ações corrosivas e facilidade de montagem, aumentando a vida útil da instalação”, relata o engenheiro Claudio Riva, diretor técnico da Projetar Engenharia, empresa responsável pelo projeto de sistemas hidráulicos.

“Ao recebermos os projetos do Figueira, enxergamos uma oportunidade de melhoria, que resultaria na aplicação de um único material para todo o sistema de água quente e fria. Ao lado das equipes Amanco Wavin e Lubrizol, apresentamos um estudo de viabilidade que incluiu a utilização da Linha Amanco Silentium para o esgoto e águas pluviais”, comenta Erick Viegas, engenheiro e diretor da Sanhidrel-Engekit, empresa responsável pela instalação dos materiais.



Mais Notícias HYDRO



Plataforma da Abdid reúne mais de 1600 projetos de infraestrutura

Setor de saneamento é um dos destaques do banco de dados.

07/12/2021


Bridgestone apresenta relatório de sustentabilidade na América Latina

Unidades apresentaram uma diminuição de 23,3% no consumo de água em 2020.

07/12/2021


Até R$ 19,7 bilhões do FGTS serão disponibilizados para obras de saneamento até 2025

Em 2022, financiamentos podem chegar a R$ 4,7 bilhões.

08/12/2021