Com o intuito de facilitar o acesso a dados sobre saneamento, o Instituto Trata Brasil atualizou o seu site, trazendo mais informações para o público. Uma das novidades é o “Esgotômetro”. Inspirada no impostômetro, a ferramenta tem o intuito de dar mais visibilidade à precariedade dos serviços de saneamento. No Brasil são despejados na natureza diariamente o equivalente a 5,3 mil piscinas olímpicas de esgoto sem tratamento. Segundo o Esgotômetro, de 1º de janeiro de 2021 até agora, o país já despejou mais de 1,06 milhão de piscinas olímpicas com esgoto sem tratamento na natureza e o número segue aumentando. Para se ter uma ideia, de todo o esgoto gerado no Brasil, estima-se que somente 46% seja tratado.

Ainda na primeira página do site, é possível ter acesso aos principais dados sobre os serviços com base no SNIS - Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento e no Painel Saneamento Brasil. Os dados mostram que atualmente quase 100 milhões de brasileiros (46%) não têm acesso à coleta de esgoto. Um outro dado relevante é sobre as moradias sem acesso a um banheiro no país, atualmente 1,7 milhão, o que corresponde a mais de 5 milhões de pessoas.

Édison Carlos, presidente-executivo do Instituto Trata Brasil, explica que as informações sobre saneamento básico são o grande motor da instituição para cumprir com o objetivo de conscientizar e mobilizar a sociedade. “O acesso à informação pode transformar uma sociedade, entendemos que quanto mais se conhece sobre a realidade do saneamento básico no Brasil, mais temos base para cobrar os responsáveis. O esgotômetro, por exemplo, é uma ferramenta que ilustra o tamanho do desafio que temos, quando estamos simplesmente destruindo a natureza com lançamento de esgoto sem tratamento todos os dias”, explica.

O portal Trata Brasil pode ser acessado pelo link: https://bit.ly/3zt1zeR.



Mais Notícias HYDRO



Alagoas e BNDES lançam edital para nova concessão de saneamento

Projeto envolve 61 municípios, divididos em dois blocos.

20/09/2021


Fluoretação da água passa a ser 100% automatizada em Cuiabá

Projeto envolve 11 ETAs e permite melhor controle dos níveis de flúor.

21/09/2021