O controle de incrustações de águas industriais afeta grande parte das empresas que necessitam de geração de vapor e resfriamento. “O impacto econômico em trocadores de calor na indústria brasileira é estimado em R$ 15 bilhões por ano”, comentou Luís Meneses Filho, vice-presidente do Grupo Solavite, no Abra Talks, evento virtual mensal da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais, realizado no dia 7 de abril. Segundo ele, as incrustações trazem baixa confiabilidade de sistemas de produção, comprometem a vida útil de ativos, diminuem a produtividade e aumentam os custos. “A incrustação forma um isolante que reduz a eficiência de troca térmica em caldeiras, torres de resfriamento e chillers. Para cada 1 mm de incrustação, tem-se um aumento de custo energético de 5% a 10%”, acrescentou.

A Solavite fornece a tecnologia de tratamento de água por catálise diamagnética que atua de forma corretiva e preventiva. A ação diamagnética de Solavite promove a remoção de moléculas dos sais causadores de incrustações e evita novas formações sem utilização de químicos e eletricidade.

A Hydro Solavite trata simultaneamente incrustações formadas por carbonatos, sulfatos, silicatos, parafinas e óxido de ferro. A tecnologia tem base na mecânica quântica, que afeta o momento magnético dos átomos em suspensão no fluido, alterando o padrão de atração e cristalização de agentes incrustantes. Por meio de catálise por indução eletrostática dos elementos contidos no fluido tratado, atua sobre as propriedades físicas das moléculas. “Altera a força de atração molecular dos sais, impondo um comportamento de repulsão em vez de atração dos átomos presentes no fluido. Assim, inibe a precipitação de sais minerais e remove as incrustações, sem alterar as propriedades químicas do fluido”, disse Meneses.

O próximo Abra Talks, na área de tratamento de água, será realizado no dia 13 de maio, às 9h30, com o tema “Aplicação de Membranas para Tratamento de Efluentes”, com a participação de Renato Ramos, engenheiro civil formado pela Unicamp com Mestrado em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Para participar, basta se inscrever de forma gratuita no link: https://forms.gle/rzQWVfQCp4M7M1ez5.

 



Mais Notícias HYDRO



Projeto do Museu Água em São Paulo está aberto para patrocinadores

Empresas apoiadoras podem usar leis de incentivo fiscal.

22/06/2021


Tigre aposta em saneamento com oferta de estação de tratamento de esgoto unifamiliar

Solução reduz o custo de implantação em 40% e de operação em 30% comparado ao conceito tradicional.

22/06/2021


Sabesp automatiza processo de pesagem

Com as soluções da Toledo, há melhor controle da entrada e saída dos materiais, em especial de produtos químicos.

22/06/2021