Um balanço das ações da Codevasf - Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba em Minas Gerais em 2020 aponta que a empresa pública investiu no estado mais de R$ 217 milhões em projetos de acesso à água, saneamento básico, irrigação, recuperação de áreas degradadas, incremento do parque maquinário dos municípios e inclusão produtiva.

“Mesmo diante de todas as dificuldades em razão da pandemia da Covid-19, criando um cenário de incertezas em todo e qualquer planejamento, o ano de 2020 pode ser considerado altamente exitoso na execução das ações da Codevasf no estado de Minas Gerais”, comemorou o superintendente regional da companhia no estado, Marco Câmara.

A estruturação socioeconômica de pequenas comunidades rurais na área de abrangência em território mineiro foi um dos principais destaques nos investimentos, com a aplicação de mais de R$ 180 milhões. Esses recursos foram aplicados em ações de perfuração e instalação de poços tubulares, na implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água e na doação de tratores agrícolas com implementos, caminhões, pás carregadeiras, retroescavadeiras, motoniveladora, fábrica de bloquetes, tanques de resfriamento de leite e outros equipamentos para pequenas comunidades rurais que tem na agricultura familiar a sua única fonte de renda.

Parte dos recursos de seu orçamento ordinário foi destinada para ações de revitalização da bacia hidrográfica do rio São Francisco, com investimentos da ordem de R$ 11 milhões na recuperação de áreas degradadas de vários municípios mineiros com a construção de terraços, implantação de bacias de captação, cercamento para proteção de nascentes, matas de topo e ciliares, além da revitalização de estradas vicinais.

Ainda em atendimento ao plano de trabalho da Codevasf, dentro do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, a execução de obras e outras ações em território mineiro também receberam atenção especial, com a aplicação de aproximadamente R$ 11,4 milhões destinados à implantação de sistemas de esgotamento sanitário nos municípios de Buritizeiro, Capitólio e Matias Cardoso, beneficiando mais de 50 mil pessoas.



Mais Notícias HYDRO



Portaria legaliza o uso de poços e águas subterrâneas

Segundo a ABAS, a GM/MS 888 corrige distorções e traz avanços importantes.

15/06/2021


Assembleia Legislativa de São Paulo aprova criação de unidades regionais de saneamento

Projeto impõe metas de universalização de água e esgoto no Estado.

15/06/2021


BNDES fará estudos para ampliar saneamento no Paraíba

Banco assinou contrato de estruturação de projeto com o Governo do Estado.

15/06/2021