Com o objetivo de gerenciar melhor resíduos sólidos e compartilhar boas práticas, a Sanama - Saneamento Alta Maceió veio, ao longo do ano de 2020, fechando inúmeros ciclos de vida dos resíduos que gera, firmando sólidas parcerias e desenvolvendo seu capital social em Maceió, AL, para se tornar uma empresa lixo zero, dando sempre prioridade às alternativas de reutilização, reciclagem e compostagem em detrimento da disposição final em aterros sanitários. No comparativo com 2019, houve uma diminuição de 52% na geração de lixo comum (resíduo misturado encaminhado ao aterro regional).

A Sanama possui vínculo com as cooperativas regionais na coleta de resíduos recicláveis, na reutilização de madeira na Fábrica da Esperança da Secretaria Estadual de Ressocialização e Inclusão Social (SERIS), e na reciclagem em brita e areia do entulho produzido nas obras de rede na Usina de Reciclagem do Aterro Municipal de Maceió.  E mais recentemente, firmou parceria com a comunidade agroecológica da região, Oasis (CSA Oasis) para a doação da poda de jardinagem da ETE Benedito Bentes, que já recebeu 18 m³ de resíduo de poda, o equivalente para 3 meses de cobertura vegetal dos canteiros da CSA.

Para este ano, além de fortalecer as parcerias e aumentar a taxa de lixo zero no mínimo em 15%, está incluso no plano o tratamento próprio do resíduo orgânico gerado através da instalação de composteiras domésticas e a respectiva utilização do adubo e do fertilizante gerados no Viveiro de Mudas da ETE Benedito Bentes.



Mais Notícias HYDRO



Portaria legaliza o uso de poços e águas subterrâneas

Segundo a ABAS, a GM/MS 888 corrige distorções e traz avanços importantes.

15/06/2021


Assembleia Legislativa de São Paulo aprova criação de unidades regionais de saneamento

Projeto impõe metas de universalização de água e esgoto no Estado.

15/06/2021


BNDES fará estudos para ampliar saneamento no Paraíba

Banco assinou contrato de estruturação de projeto com o Governo do Estado.

15/06/2021