A Sabesp certificou mais cinco de suas ETEs – Estações de Tratamento de Esgoto com o selo de Sustentáveis, totalizando em 2020 seis unidades certificadas entre as 18 inseridas atualmente no Programa ETEs Sustentáveis, criado pela companhia para desenvolver e disseminar a cultura da sustentabilidade. A iniciativa estimula a adoção de ações para aprimorar a gestão operacional e o desempenho ambiental das unidades que tratam esgoto, promovendo o aproveitamento dos subprodutos gerados no processo (biogás, lodo e efluente).

Criado em 2019, o programa mantém um sistema de certificação organizado em três níveis de evolução, avaliados com base em critérios específicos a serem alcançados pelas estações de tratamento de esgotos. Para obter o Nível 1, a ETE deverá ter equacionado e implantado soluções para a destinação do lodo, do efluente e dos gases gerados pelo tratamento. O Nível 2 é alcançado quando a ETE, além de atender a exigências do Nível 1, adota ações de eficiência e geração energética ou a venda de algum produto gerado a partir das soluções implementadas. Já o Nível 3 requer o atendimento das três condições simultaneamente: usos benéficos para o lodo, gases e efluentes, a eficiência e geração energética mais a venda de produtos para utilização no mercado.

Além das ETEs certificadas, as outras 12 estações de tratamento de esgoto já fazem parte do programa e estão desenvolvendo uma série de ações e melhorias em seus processos.



Mais Notícias HYDRO



Portaria legaliza o uso de poços e águas subterrâneas

Segundo a ABAS, a GM/MS 888 corrige distorções e traz avanços importantes.

15/06/2021


Assembleia Legislativa de São Paulo aprova criação de unidades regionais de saneamento

Projeto impõe metas de universalização de água e esgoto no Estado.

15/06/2021


BNDES fará estudos para ampliar saneamento no Paraíba

Banco assinou contrato de estruturação de projeto com o Governo do Estado.

15/06/2021