Ainda que o país esteja registrando números recordes de desemprego, com mais de 14,1 milhões de brasileiros sem trabalho, com uma taxa de desocupação de 14,6% no trimestre de julho a setembro de 2020, como indicam dados recentes divulgados pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a Allonda, empresa de engenharia com foco em soluções sustentáveis, aumentou sua força de trabalho de maneira significativa. O número de funcionários cresceu 40% entre dezembro de 2019 e setembro de 2020.

“Com a chegada da pandemia ao Brasil, tivemos algumas paralisações e suspensões de obras. Mas, a partir de maio iniciamos novas operações e retomamos a maior parte das que estavam paralisadas. No período também assinamos novos contratos, que agora estão refletindo na necessidade de criação de vagas de trabalho”, explica o CEO da Allonda, Leo Cesar Melo.

Por conta disso a empresa segue contratando, tanto para atuações nas obras como em áreas administrativas. Nos próximos meses está planejada a abertura de cerca de 500 oportunidades que serão somadas aos mais de 300 postos de trabalho já gerados em 2020, principalmente nos estados de São Paulo e Minas Gerais. De acordo com o CEO, essas vagas vão, em sua maior parte, para projetos de saneamento básico e indústria de mineração.



Mais Notícias HYDRO



Portaria legaliza o uso de poços e águas subterrâneas

Segundo a ABAS, a GM/MS 888 corrige distorções e traz avanços importantes.

15/06/2021


Assembleia Legislativa de São Paulo aprova criação de unidades regionais de saneamento

Projeto impõe metas de universalização de água e esgoto no Estado.

15/06/2021


BNDES fará estudos para ampliar saneamento no Paraíba

Banco assinou contrato de estruturação de projeto com o Governo do Estado.

15/06/2021