FotoVolt: olho no futuro e 40 anos de bagagem

Lançada em agosto’15 como edição especial da revista Eletricidade Moderna, a FotoVolt, devido ao seu sucesso, tornou-se rapidamente referência em energia fotovoltaica. Isso levou a Aranda Editora transformar a FotoVolt, já a partir de novembro’15, em uma publicação independente. No país do sol abundante e das tarifas nas alturas, produzir a própria eletricidade torna-se não só possível como vantajoso. FotoVolt vem para acompanhar de perto e fazer parte dessa história.

Destaques do mês

A revista FotoVolt do mês de julho já está online. O artigo Atendimento às conexões de microgeração: obstáculos e soluções, na pág. 18, apresenta soluções para evitar prejuízos no desempenho da rede, em função das distribuidoras de energia elétrica enfrentarem dificuldades em atender as solicitações de conexão de microgeração em cumprimento da Resolução Aneel nº 482/2012. Veja na pág. 24 o artigo Mercado de geração distribuída fotovoltaica no Brasil, onde os principais resultados da mais recente pesquisa publicada pelo Instituto Ideal sobre o mercado de geração distribuída fotovoltaica no Brasil são apresentados e comentados. E na pág. 34 o artigo Estudo de viabilidade de sistema fotovoltaico em propriedade rural, analisando a viabilidade econômico-financeira da implantação de um gerador FV conectado à rede de distribuição em uma propriedade de produção de café, conforme as Resoluções Normativas 482/2012 e 687/2015 da Aneel. Também nesta edição tem a atualização do guia de Postes de iluminação LED a energia solar.

Matérias


Tomando por base a regulamentação da pequena geração fotovoltaica distribuída no Brasil, o artigo apresenta o projeto elaborado para um condomínio em Curitiba, descrevendo as etapas de medição da área utilizável, irradiação disponível, dimensionamento, especificação, levantamento de custos e cálculo do retorno financeiro. Leia mais.
A transição gradual para um sistema com múltiplas fontes de geração distribuída implica novos desafios para a estabilidade da rede. Uma opção é o emprego de transformadores reguladores de baixa tensão, como é examinado neste artigo. Leia mais.