A fabricante de fibras sintéticas Mitsubishi Rayon Co. (MRC) anunciou que seu composto SMC (sheet molding compound) com fibra de carbono foi adotado pela Toyota Motor Corporation e empregado na fabricação do quadro de porta traseira do modelo híbrido Prius PHV, em substituição a materiais tradicionais.

 

As companhias, ambas japonesas, desenvolveram a peça estrutural para o porta-malas do automóvel em plástico reforçado com fibra de carbono (carbon fiber reinforced plastic, CFRP), combinando baixa densidade e alto desempenho mecânico. Isso promoveu a redução de peso do veículo sem interferir nas características de resistência mecânica da estrutura da sua estrutura o que, consequentemente, proporcionou redução do consumo de combustível visando maiores níveis de eficiência energética e menores emissões de dióxido de carbono (CO2).

 

O SMC desenvolvido pela Mitsubishi Rayon é um material em forma de chapa, no qual fibras de carbono de diferentes comprimentos são dispersos na resina. Para produção dos componentes, as chapas são processadas em um curto período de tempo, isto é, cerca de 2 a 5 minutos, por moldagem por compressão.

 

Diferente de outros materiais pré-impregnados (tecido de fibra de carbono não cortado impregnado com resina), este SMC apresenta alta conformabilidade para moldagem de peças complexas. Isso, de acordo com a MCR, favoreceu a obtenção de bons níveis de custo e produtividade necessários para a fabricação do componente em larga escala.

 

#cfrp #plasticocomfibradecarbono #polimeroreforcado